A HOSPEDEIRA- Novo livro de Stephenie Meyer

3 Comentários

Não sei quando chegou no Brasil, mas A Hospedeira, livro aduto de Stephenie Meyer está entre os 10 livros mais vendidos.

Sinopse:

Stephenie Meyer, criadora da fenomenal série de vampiros adolescentes, Crepúsculo (Twilight), assume um romance paranormal em território alienígena, em seu primeiro romance adulto. Aqueles que suspeitam de ficção científica ou angústias adolescentes serão agradavelmente surpreendido com este grau de maturidade e de imaginação investigativa, propulsionados por partes iguais de ação e emoção. Uma espécie de parasitas altruísta pacificamente assumiu o controle das mentes e dos órgãos da maior parte dos seres humanos, mas a delicada Melanie Stryder não vai entregar sua mente para a alma alienígena chamada Wanderer. Perturbada pelas memórias insistentes de Melanie do namorado Jared, Wanderer desiste do anseio do corpo dela e decide ir ao deserto para encontrá-lo. Provavelmente o primeiro triângulo amoroso envolvendo apenas dois corpos, é obviamente romântico, e os personagens (humanos e alienígenas) genuinamente adoráveis. Leitores intrigado ainda familiarizados por este mundo alienígena irão notar alegremente que o final da história deixa a porta aberta para uma seqüência — ou uma outra série.

Quem quiser baixar o livro em e-book, clique aqui.

Anúncios

Bruxas ou vampiros

3 Comentários

Com a vampiromania em alta e varias novidades a respeito, como livros, filmes e seriados eu esqueci seres tb sobrenaturais que tb sou apaixonada e andei meio esquecida, mas com esse Halloween e umas googladas (dicionário TPM) me fez retirar o gosto do fundo do baú: BRUXAS!!!!!!

Nunca tive medo das bruxas de desenhos ou filmes infantis, pelo contrário, eu até que as entendia, talvez pela semelhança?? já que as princesas sempre eram loiras e tal, e eu como sempre tive cabelos pretos e pele pálida tive que me solidariezar com minhas miguinhas de semelhança.

E milhares, milhares de filmes sobre essas moçoilas…

Bruxas são inteligentes, fortes, destemidas, independentes. As mulheres com essas características e que eram professoras, parteiras e curandeiras (as antigas farmacêuticas) foram caçadas  e enforcadas pela igreja Católica, afinal as moçoilas da época tinham que ser submissas aos homens (nheca!).

Minha relação com bruxas vem das antigas, tanto que minhas duas únicas peças de teatro que atuei na escola, eu fiz personagem de bruxa (hehe, não falei da semelhança?), a primeira quando e tinha uns 11 anos, a gente fez a peça da Branca de Neve e mesmo eu tendo pele branca como a neve e cabelos pretos, fiquei com a personagem da Bruxa, e não me lembro bem mas o papel da princesa ficou com uma menina loira (sempre) mas nem me importei pois eu fi bem aclamada com a atuação, além do mais, minha risada era digna de uma malévola (muitos treinos após assistir aos Contos de Fada da Tv Cultura).

Bruxas do cinema (que eu lembro):

As Bruxas de Salem

Bruxas De Eastwick

Da Magia a Sedução

Abracadabra

A Bruxa de Blair

A Bruxa de Blair 2

Convenção das Bruxas

Sabrina

As Brumas de Avalon

Jovens Bruxas

Elvira, a Rainha das Trevas

A Feiticeira

Harry Potter